Guia de viagem – Foz do Iguaçu #01

Gosta de viajar??? Eu amo!!!!!

Farei aqui um “Guia de Viagem”,  de acordo com as minhas experiências “turísticas”. E o primeiro destino só poderia ser Foz do Iguaçu-PR, lugar que sou completamente apaixonada e que vou todos os anos, nas férias de janeiro. Peguei as fotos dos meus arquivos de 6 anos consecutivos para fazer esse post, por isso tem eu nas versões morena, loira e ruiva rsrsrs…

Bom, então, vamos viajar!!!

page

Foz do Iguaçu é uma cidade do estado do Paraná, é um dos destinos mais visitados por turistas estrangeiros no Brasil. Conhecida internacionalmente pelas Cataratas do Iguaçu, uma das 7 Maravilhas da Natureza, e pela Usina Hidrelétrica de Itaipu, a segunda maior do mundo em tamanho e primeira em geração de energia, que em 1996 foi considerada uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno pela Sociedade Americana de Engenheiros Civis.

A cidade faz fronteira internacional com Ciudad del Este, no Paraguai e Puerto Iguazú, na Argentina.

Sobre o clima, como sempre vou para lá mês de janeiro, está sempre muito quente, com máximas médias em torno de 35 ºC e sensação térmica chegando a mais de 40 ºC (esse ano pegamos um dia que a sensação térmica estava em torno de 50 ºC).

Principais Pontos Turísticos:

Parque Nacional do Iguaçu: É la que se encontram as famosas Cataratas do Iguaçu, que sem dúvida, é uma das mais belas paisagens do mundo! O passeio, para conhecê-las, tem início no Centro de Recepção de Visitantes, onde compra o ingresso. O valor para brasileiros está R$34,30 para adultos e R$9,00 para crianças de 2 a 11 anos e idosos a partir de 60 anos. Depois, o visitante embarca em um ônibus panorâmico até o início da trilha das Cataratas. Durante esse trajeto do ônibus, é possível contemplar a fauna e a flora e também tem as paradas para outros tipos de passeio, como o Macuco Safári, Trilha do Poço Preto, que são pagos a parte.

SAM_0056

Na hora do desembarque já é possível escutar os primeiros sons das quedas d’água. Durante a trilha tem alguns mirantes para contemplação das vistas e também para fotos, além de espaços com banheiro, lanchonete, lojinhas, etc.

O momento mais emocionante é quando chegamos na passarela principal, que leva até próximo a mais imponente queda: a Gargante del Diablo. Ali os melhores lugares para fotos são bastante disputados, mas vale super a pena! A vista das quedas são maravilhosas, a paisagem é incrível, a energia do lugar é fenomenal, indescritível, só estando lá para saber!!!

FHD0300

Ah, e molha bastante, por isso, algumas pessoas preferem usar capa de chuva. Eu não me importo com isso, gosto de molhar mesmo, da aquela sensação de alma lavada, sabe?!

Tem os fotógrafos profissionais que, com autorização, tiram fotos suas e depois você pode comprá-las já impressas. Custa mais ou menos R$25,00 cada foto.

DSCN0263

O acesso ao “piso superior”, onde tem mais um mirante, pode ser feito a pé ou de elevador. Lá da para ter uma vista mais geral das Cataratas e onde é a saída, o espaço com mais lojas, banheiros, restaurante, lanchonetes, o ponto de embarque do ônibus para retornar ao Centro de Recepção de Visitantes. Sempre vou na parte da manhã, logo que abre o parque (9 horas) e almoçamos no restaurante Porto Canoas, que fica dentro do parque com uma vista linda! Ps.: Falarei dele num próximo post, sobre lugares para comer em Foz.

FHD0316

Clique aqui para mais informações e vá conhecer as Cataratas, te garanto que não vai se arrepender!!!

Itaipu Binacional: O Centro de Recepção de Visitantes da Itaipu está a 12km do centro de Foz, e é daí que partem os passeios oferecidos pelo Complexo Turístico Itaipu. Nesse espaço existe toda uma infraestrutura para recepcionar o turista, como: Auditório (exibição do filme sobre a Itaipu), armários, bistrot, bosque dos visitantes ilustres (com árvores que foram plantadas por artistas, esportistas, políticos e celebridades que visitaram a Itaipu), estacionamento, hall (espaço de livre circulação com maquetes, estatísticas de visitantes e painéis com fotos da construção da hidrelétrica, dos animais da região e, em destaque, uma foto aérea da usina), lojas de souvenirs e artesanato local, além da bilheteria para compra de ingressos dos passeios.

SAM_0198

O Complexo Turístico Itaipu está aberto para visitação todos os dias do ano, inclusive sábados, domingos e feriados. Confira no site os dias de funcionamento específicos de cada atração. O atendimento para reservas e informações funciona todos os dias, das 8h às 18h.

Confira a baixo a descrição das atrações:

  • Vista Panorâmica: A visita tem início com a exibição de um filme que conta a história de Itaipu, no auditório, com áudio em português e legenda em inglês e espanhol e depois segue em um ônibus para conhece mais de perto a usina. O trajeto passa pelo vertedouro (com uma parada para fotos se tiverem abertas as comportas), segue para o mirante central, com uma parada de tempo livre, de onde se tem uma visão bem ampla da barragem, estruturas de apoio como banheiros, café, loja de souvenirs e serviços de fotografia. O roteiro segue no ônibus, passando pelos condutos forçados e dependendo da operação, pode passar também por cima da barragem, de onde poderá ser visto, de um lado, o Rio Paraná e Foz do Iguaçu e, do outro lado, o reservatório que abastece Itaipu. Outra parada com tempo livre é no Porto Kattamaram, um local com vista para o lago de Itaipu, que é de onde parte a visita de barco (ingresso a parte). E então retorna ao Centro de Recepção de Visitantes. Valor: R$36,00/adulto. Duração: Livre (aprox. 2h). Horários: todos os dias, das 8h às 17h, a cada 30min aproximadamente.

 

 

  • Kattamaram: Um passeio memorável e relaxante pelas águas do lago de Itaipu. Ao final O barco de 35 metros, com capacidade para 200 pessoas oferece conforto, segurança, conta com bar, restaurante e uma vista maravilhosa, principalmente se você for no horário do pôr do sol. Valor: R$80,00/adulto. Duração: 1h45min. Horário: todos os dias 14h, 16h e 17h (durante o horário de verão: 14h, 16h e 19h).

 

 

  • Circuito Especial: Esse é um complemento do Vista Panorâmica, pois o passeio dispõe do mesmo trajeto, além dos acessos diferenciados, como para contemplar a arquitetura côncava das catedrais de concreto e sentir a pulsação da usina tocando nas paredes e nos condutos que levam a água para as turbinas. Além de conhecer a sala de comando central (onde os técnicos monitoram a produção da usina), a Estação Galeria (com fotos e ilustrações das peças e do período de construção e montagem da usina) e descer ao nível onde estão as turbinas em pleno trabalho de geração de energia (tem uma parada para ver a operação da menor peça (que pesa aproximadamente 3 toneladas) de uma turbina. Uma emoção que ficará para sempre na memória!!! Valor: R$78,00/adulto. Duração: 2h30min. Horário: todos os dias 8h, 8h30, 10h, 10h30, 13h30, 14h, 15h30 e 16h. Obrigatório: ser maior de 14 anos, apresentação de documento de identificação original, usar calçados fechados e sem saltos e roupas com comprimento abaixo do joelho. Proibido: bolsas e mochilas.

 

 

  • Iluminação da Barragem: Um espetáculo de luzes que acontece na barragem da usina. Do mirante central tem-se a visão excepcional da barragem iluminada por 747 refletores e 112 luminárias. Uma trilha sonora (composta exclusivamente para esse momento) embala o acendimento das luzes. Depois de tudo aceso é dado um tempo para fotos e contemplação, depois, já no ônibus, passa-se pela usina iluminada, para que o visitante tenha uma real dimensão desta grande obra. É um passeio bastante emocionante!!! Valor: R$18,00/adulto. Duração: 1h30min. Horário: sexta e sábado às 20h (durante o horário de verão: 21h).

DSCN0597

 

  • Refúgio Biológico: É incrível pensar que bem próximo dali da usina podemos encontrar jaguatiricas, corujas, jacaré, anta, urubu-rei, serpentes, onças. Essas são apenas algumas das 50 espécies de animais e 960 gêneros de plantas, que são abrigados no Refúgio Biológico Bela Vista. Esta é uma unidade de proteção e preservação da fauna e da flora, criada durante a formação do reservatório da Usina. O passeio tem início com um trajeto feito em carrinhos (tipo de safari), depois são dois quilômetros de trilha feito a pé em meio à floresta nativa, durante essa trilha podemos ver os vários animais e os guias vão explicando sobre em quais condições chegaram lá, suas alimentações, respondem as perguntas dos turistas. Valor: R$24,00/adulto. Duração: 2h30min. Horário: terça a domingo 8h30, 9h30, 10h30, 13h30, 14h30, 15h30. Recomendações: roupas e calçados confortáveis, pois a maior parte é feito à pé.

 

 

Além desses passeio que citei, tem ainda o Ecomuseu e o Polo Astronômico, que eu ainda não fiz. No site você encontra mais informações sobre todos eles.

No próximo post mostrarei mais alguns pontos turísticos de Foz do Iguaçu, não perca!!!

Um mega beijo, fiquem com Deus e até a próxima!!! 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s